terça-feira, 14 de maio de 2019

Free-Stile / Um Choctaw Ridge 2x3





Free-Stile traz um forte inbreeding 2 x 3 sobre Choctaw Ridge, esse raro modo de endogamia está tendo sua prática retornada por importantes haras, principalmente Juddmonte Farms. Pode-se destacar como o seu mais recente exemplo no turfe mundial a magnífica Enable (2x3 Sadler's Wells). No passado essa endogamia era muito mais comum e trouxe cavalos como Havresac II (2x3 Rabelais), Naucide (2x3 Havresac II), Apollonia (2x3 Tourbillon), Astana (2x3 Tourbillon) - mãe de Crepellana, o bom garanhão no Brasil Dernah (2x3 Coeur a Coeur), etc. Mais atrás, tivemos os grandes chefes de raça KSAR (2x3 Omnium) e FLYING FOX (2x3 Galopin). Também podemos citar Highlight (2x3 Hyperion), mãe de Highclere, as muito boas mães inbreedings 2x3 Northern Dancer: Smala = Chichicastenango, Sadima = Youmsain e Creachadoir,  Willstar = Etoile Montante, Viviana = Sightseek e L' Extra Honor = Majestic Roi. 

No Brasil temos como bom exemplo, o craque tordilho Prosper, 2x3 sobre Malva. Sempre dito por mestre Atualpa Soares como paradigma de um grande pedigree. 




Seu pai Plenty of Kicks junto com Bal a Bali certamente são os últimos craques - na acepção da palavra - produzidos pela criação nacional. Plenty of Kicks foi um excepcional animal de pistas, líder inconteste de sua geração se consagrou ao levantar a tríplice-coroa do JCB, a mais seletiva do turfe brasileiro. Cabe ressaltar que aos 3 anos venceu o comparação GP Presidente da República, G1, milha internacional no Hipódromo da Gávea, infelizmente por questões de saúde teve sua campanha prematuramente interrompida. 



Plenty of Kicks.


Temos para Plenty of Kicks a mesma percepção de John Aiscan. A de que determinados tipos de cavalos ao passarem a cumprir suas funções na reprodução necessitam que seus filhos sejam criados em ambientes menos artificiais e mais próximos da natureza, o que no Brasil corresponde principalmente aos campos de Bagé/Aceguá/Uruguaiana e talvez um ou outro haras fora desse eixo, para que tenham aumentadas as suas chances para poderem exteriorizar toda a sua capacidade funcional. Outro aspecto que julgamos a se considerar fundamental na utilização de Plenty of Kicks é o seu não serviço sobre éguas que apresentaram fragilidade respiratória e uma especial análise quanto a aspectos de locomotores. Apesar de já possuir 3 filhos ganhadores de provas principais, Plenty of Kicks não é um garanhão com fácil escolha de matrizes, consequentemente não está apresentando tudo o que com certeza poderia transmitir.

https://purosanguedecorrida.blogspot.com/2017/08/plenty-of-kicks.html




Choctaw Ridge.


Choctaw Ridge, foi um corredor com campanha apenas razoável em seu país de origem, tendo demonstrado boa precocidade, suas duas vitórias foram obtidas aos 2 anos, um Allowance em 1700m e um Maiden em 1400m. Tendo obtido com mais idade, um terceiro no Flamingo Stakes, G2, 1800m e outro no Kentucky Jockey Club Stakes, G3, 1700m, seus outros melhores resultados. Muito destacado reprodutor entre nós, tem o expressivo índice de 7,26% em vencedores Black Type, foi o garanhão líder das estatísticas nacionais em 2003/2004, 2 - 2004/2005, 5 - 2005/2006 e 2006/2007,  6 – 2008/2009 e 8 - 2007/2008, como avô materno quarto em 2010/2011 e 2011/2012, 5 – 2007/2008, 2008/2009 e 2009/2010, 8 - 2016/2017. Possui um raro pedigree, onde se observa a presença de 11 chefs-de-race,  a principal critica a ele dirigida foi a de não ter produzido filhos mais staminados em alto padrão de classicismo, como se ele não fosse um Mr Prospector... Mesmo Choctaw Ridge sendo um típico indivíduo para se construir pedigrees com capacidade de gerar elementos com muito brilhantismo, ficou evidente em sua produção como avô materno a sua elasticidade em ajudar a manter em seus netos velocidade ao longo do tempo. 

Apesar de Free-Stile possuir inbreeding 2x3 sobre Choctaw Ridge é surpreendente a sua semelhança com o seu avô paterno, o extremamente bem sucedido na reprodução Crimson Tide - 6,1% ganhadores e 15,3% colocados em provas Black-type.



Crimson Tide.


Fly Gatica, sua mãe, é vencedora e levantou um quinto lugar no GP Jacutinga, G3, 1400m, areia. Possui 3 produtos em idade de corrida, 2 correram e 2 venceram. Esse ramo materno é de muito recente introdução no Brasil, e se o compararmos a muitos outros introduzidos nos últimos anos vemos que ele vêm se apresentando acima da média. Com toda certeza é uma linha materna na qual vale a pena apostar, dela temos Forever Bond - GP ABCPCC, G1 e GP Independência; Fly Dorcego - GP Gervasio Seabra, G2, Fitz Sun - Classico Herculano de Freitas, L; Flight Fenix - Classico Erasmo T de Assumpção, L; etc. Sua terceira mãe, Parioli, foi uma muito boa égua de pistas, com 9 vitórias na França, inclusive Prix de Saint Georges, G3; Prix Petit Couvert, G3; Prix du Gros Chesne, G3; Prix de Seine-et-Oise, G3 (2x); 2. Prix de L'Abbaye de Longchamp, G1; 2. Prix de Meautry, G3; 2. Prix de Seine-et-Oise, G3; 3. Prix de L'Abbaye de Longchamp, G1; 3. Prix du Palais Royal, G3; etc. Essa é a família 17 b, que remonta a matriarca The Biddy, dela fazem parte Lyphard, Dancing Moss, etc.


Free-Stile nos chamou a atenção no ano passado e foi muito bom ver que se desenvolveu muito bem, o que não é de se admirar graças ao grau de excelência da criação Haras San Francesco. Apesar de não responder por um pedigree "de moda", Free-Stile, em nosso entendimento é também uma excelente opção no próximo Leilão Criação Nacional e oxalá seja uma redenção para seu pai.