quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Desejado Thunder





Desejado Thunder, Fam. 16, castanho, RS, 2007, Durban Thunder em Glourious Magee por Spend a Buck criado no Haras Bagé do Sul pelo Stud Alvarenga e  propriedade do Haras Ponta Porã, com toda certeza um dos melhores velocistas brasileiros de todos os tempos é dono de brilhante e consistente campanha, tendo disputado 21 provas com 15 vitórias, 4 segundos, 1 terceiro e 1 quarto lugar nunca se descolocando, possuindo além linhagem de primeira grandeza que o credencia plenamente para a reprodução. 

Seu pai Durban Thunder, dono de físico poderoso e régia filiação foi arrematado no leilão Top Classic de 2003 por R$ 564.000,00; garanhão de interessante sucesso na reprodução, provavelmente o direcionamento de seus cruzamentos para o brilhantismo nos tenha impedido de observar alguns de seus filhos alçar vôos mais altos em outras distâncias, foi um cavalo em pistas que pode ser considerado como além do muito bom padrão e na minha opinião só não atingiu o estrelato dos corredores gigantes brasileiros por questões relacionadas a escolhas no planejamento de sua campanha, apresentado no Brasil em 3 oportunidades manteve-se invicto, sua vitória no GP J. Adhemar de Almeida Prado – Taça de Prata, G1, é considerada como a mais fácil na história da prova, correu nos EUA e Dubai em mais 4 oportunidades e venceu 2, sua mais expressiva vitória no exterior foi na milha da importante Kentucky Cup Turf Dash Stakes, prova com U$ 100.000,00 de bolsa. Seu avô materno Spend A Buck se apresentou como um corredor de extrema categoria e reprodutor de enorme sucesso, sua mãe Glorious Magee pertence a interessante linha baixa que vêm produzindo com regularidade nomes de valor que freqüentam com assiduidade provas de grupo, entre esses além de Desejado Thunder destacou-se recentemente Voador Magee com sua vitória no GP Brasil e segunda colocação no GP Cruzeiro do Sul, podem ser destacados entre bons confirmadores dessa linhagem Our Magee (GP Nestor Jost), Famous Magee (GP 29 de Outubro) e Hommage A Rô (GP Edmundo Pires de Oliveira Dias).

Durban Thunder.



Desejado Thunder no GP Major Suckow.




                                                      Campanha

2 anos

1. Prova Especial Atualpa Soares, 1100 metros, AP, Gávea,
1. Clássico Hernani Azevedo Silva, L, 1200 metros, AB, Gávea,
1. Clássico José Calmon, L, 1300 metros, GM, Gávea,
4. Grande Prêmio Mário Azevedo Ribeiro - 1ªEtapa da Copa 2 anos de Potros, G3, 1400 metros, GB, Gávea,
1. Prova Especial Sabinus, 1000 metros, GP, Gávea,

3 anos

1. Grande Prêmio Cordeiro da Graça, G2, 1000 metros, GB, Gávea,
1. Grande Prêmio Major Suckow, G1, 1000 metros, GM, Gávea,
1. Grande Prêmio Adhemar de Faria e Roberto Gabizo de Faria, G3, 1000 metros, GB, Gávea,
2. Grande Prêmio Proclamação da República, G2, 1000 metros, GF, Cidade Jardim,
1. Clássico São Francisco Xavier, L, 1000 metros, GM, Gávea,
1. Clássico Jockey Club de São Paulo, L, 1000 metros, GM, Gávea,
1. Grande Prêmio Associação dos Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida do Rio de Janeiro, G3, 1000 metros, GM, Gávea,
1. Grande Prêmio Associação Brasileira de Criadores e Proprietários do Cavalo de Corrida, G1, 1000 metros, GF, Gávea,
1. Grande Prêmio Velocidade, G3, 1000 metros, GM, Cidade Jardim,

4 anos

2. Grande Prêmio Major Suckow, G1, 1000 metros, GM, Gávea,
1. Grande Prêmio Adhemar de Faria e Roberto Gabizo de Faria, G3, 1000 metros, GM, Gávea,
3. Grande Prêmio Nestor Jost, G3, 1200 metros, AB, Gávea,
1. Clássico Dia da Justiça, L, 1000 metros, GM, Gávea,
1. Clássico São Francisco Xavier, L, 1000 metros, GM, Gávea,
2. Clássico Associação dos Criadores e Proprietários de Cavalos de Corrida do Rio de Janeiro, L, 1000 metros, GM, Gávea,
1. Grande Prêmio Jockey Club de São Paulo, G3, 1000 metros, GB, Gávea.

O Haras Ponta Porã deve ser parabenizado por prestigiar o excelente cavalo brasileiro na reprodução, o que evidentemente não o impede em também explorar o serviço de bons garanhões estrangeiros, demonstrando assim um visão global do turfe onde o que interessa é a qualidade e não apenas a nacionalidade, é um campo de criação que se destaca como um dos mais importantes haras brasileiros e seguramente é a referência nacional no quesito brilhantismo. Desejado Thunder apresenta logo em sua primeira geração ao muito bom velocista Thunder Cat, 1. GP Cordeiro da Graça. G2, 1000 metros, 1. GP J Adhemar e Roberto Gabizo de Faria, G3, 1000 metros, 1. GP ABCPCC-Velocidade Mario Belmonte Moglia, G3, 1000 metros, 2. GP Major Suckow, G1, 1000 metros; como reprodutor pode com toda certeza ser explorado em amplo universo de cruzamentos, mesmo em wing patterns.